Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Blog do professor
 Maremotriz
 Estruturas de Concreto Armado
 Bafômetro
 Aquecedor solar de materiais reciclados
 Oxímetros


 
Aterro sanitário


Como é construído um aterro sanitário?

 

     Basicamente escolhe-se um terreno grande e vazio onde o lixo vai sendo acumulado em camadas. Mas esse processo é muito mais complicado do que parece. A primeira - e principal - dificuldade é selecionar o local do aterro. É preciso apresentar um estudo de impacto ambiental e obter licenças para instalar e operar o depósito de lixo - já no projeto de instalação, os operadores do aterro precisam deixar claro, por exemplo, como ele será fechado, depois de pelo menos dez anos. Há até uma audiência pública para ouvir as pessoas que moram nos arredores do terreno escolhido. Esse processo demora anos. Aí começa, de fato, a construção do aterro (veja no infográfico abaixo). A maioria dos aterros é municipal, mas a operação fica por conta de empresas concessionárias, que geralmente são as mesmas responsáveis pela coleta de lixo na cidade. Lixo industrial e hospitalar é depositado em aterros específicos, cujo processo de instalação e operação é ainda mais complexo.

 

 

 

 

 

Montanha de lixo - um aterro pode atingir até 100 metros de altura!!!!

 

1. O aterro começa com a escavação de um grande buraco. Mas, antes disso, o solo é perfurado até o lençol freático para verificar se não é arenoso demais e calcular o limite da escavação: o fundo não pode ficar a menos de 2 metros do lençol.

2. Tratores compactam a terra do fundo do buraco. Sobre o solo compactado é colocada uma espécie de manta de polietileno de alta densidade e, sobre ela, uma camada de pedra britada, por onde passam os líquidos e gases liberados pelo lixo. A cada 5 metros de lixo é feita uma camada de impermeabilização.

3. Para drenar o percolado (líquido que sai do lixo misturado à água da chuva) a cada 20 metros são instaladas calhas de concreto, que levam a mistura nojenta até a lagoa de acumulação.

4. Para evitar que alguém jogue lixo clandestinamente ou que algum desavisado entre no aterro, a área é toda cercada. Em São Paulo, por exemplo, é obrigatório criar um cinturão verde de pelo menos 50 metros de largura ao redor do aterro, com vegetação nativa.

5. O lixo solta gases, que são captados por uma rede de tubos verticais cheios de furinhos. Por esses canos, os gases sobem e chegam à superfície do aterro. Alguns gases são recolhidos em tambores e outros são liberados na atmosfera - o metano, em contato com o ar, pega fogo.

6. Engenheiros calculam que cada metro cúbico de lixo pesa cerca de 0,6 tonelada. Cada camada do aterro tem 5 metros de altura: 4 metros de lixo e 1 metro de terra, brita e a manta de polietileno. Em cidades pequenas, o limite é de três camadas, mas nas metrópoles elas chegam a 20.

7. O percolado, aquele líquido que escorre da montanha de lixo, é tratado no próprio aterro e lançado no esgoto ou, como acontece em São Paulo, é recolhido em um "piscinão" e transportado em caminhões para uma estação de tratamento de esgoto.

8. Balanças parecidas com aquelas que vemos nas estradas controlam a quantidade de lixo que chega ao aterro em cada caminhão. Caminhões coletores como os que vemos nas ruas carregam de 7 a 9 toneladas, mas há carretas capazes de levar até 40 toneladas por viagem.

9. Esta é a área responsável por coordenar e monitorar as atividades do aterro. É aqui também que se avalia se já é hora de encerrar as atividades do aterro e encomendar a construção de um novo.

10. Quando o aterro esgota sua capacidade, é preciso fechá-lo. A maior parte deles dá origem a áreas verdes de conservação. Como o gás e o percolado continuam sendo gerados por pelo menos 15 anos, não se recomenda que o terreno seja usado para construções.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte:

http://mundoestranho.abril.com.br/cotidiano/pergunta_287679.shtml



Escrito por Bruninha, Ca, Dani, Jolie às 20h21
[] [envie esta mensagem] []



Blocos de Perguntas

  • Técnicas

1) Qual a finalidade de um aterro sanitário?

2) Como é formado o aterro sanitário?

3) Qual tipo de lixo o aterro recebe?

4) Em quais casos a incineração do lixo é feita?

5) Qual deve ser a preparação básica da área onde irá ser construído o aterro sanitário?

6) Como são separados os resíduos na execução do aterro?

7) Qual é o procedimento para a construção de um aterro sanitário?

8) Como são cobertos os resíduos ao fim do dia num aterro?

9) Como é feito o monitoramento de um aterro sanitário?

  • Científicas

1) O que é um aterro sanitário?

2) O que é o chorume?

3) Em que consiste a compostagem do lixo?

  • Econômicas/Comerciais

1) Quais os problemas que um aterro sanitário pode trazer para a sociedade?

2) O que é feito para amenizar o impacto visual de um aterro sanitário?

3) Quais os tipos de licença necessários para abertura de um aterro sanitário?

4) Um aterro sanitário pode vir a gerar lucro?

  •  Ambientais/Saúde

1) Quais os problemas que um aterro sanitário pode trazer para o meio ambiente?

2) Como se designam as águas contaminadas produzidas no aterro?

3) Como se designa o conjunto de gases produzidos num aterro por decomposição biológica dos resíduos?

4) Quais os tipos de bactérias presentes em um aterro?

  • Físicas/Químicas

1) Para onde vão os gases eliminados pelo lixo?

2) Qual a importâcia das bactérias na decomposição do lixo?

  • Curiosidades

1) Qual a diferença entre aterro sanitário e lixão?

2) Qual a capacidade de um aterro sanitário?

3) Quando essa capacidade se esgota, o que fazer?

4) O que pode ser feito em uma área que já foi utilizada como aterro sanitário?

5) Quantos metros um aterro sanitário pode atingir?

6) Quando o aterro esgota sua capacidade, porque é preciso fechá-lo?

7) Onde eram colocados os resíduos antes da construção dos aterros sanitários?

8) Qual a ligação entre aterro sanitário e engenharia?

 

 



Escrito por Bruninha, Ca, Dani, Jolie às 23h34
[] [envie esta mensagem] []



Objetivo do projeto

    Ao explicarmos o funcionamento de um aterro sanitário, temos como objetivo informar aos visitantes do blog para onde vai o lixo das grandes cidades (que possuem aterros sanitários dentro das normas) e como ele é tratado. Dentre os tópicos que serão abordados estão: como é construído um aterro sanitário, quais as vantagens e desvantagens que ele pode trazer tanto nos aspectos ambientais, sociais e econômicos e a diferença entre aterro sanitário e lixão. Procuraremos também explicar um pouco sobre o aterro sanitário de Belo Horizonte que hoje encontra-se com sua capacidade esgotada.  



Escrito por Bruninha, Ca, Dani, Jolie às 20h23
[] [envie esta mensagem] []



Qual a diferença entre aterro sanitário e lixão?

  Segundo a Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental (CETESB), aterro sanitário é o processo de disposição final de resíduos sólidos, principalmente do lixo domiciliar, baseado em critérios de engenharia e normas operacionais específicas.Estas normas e critérios permitem a confinação segura do lixo, em termos de controle da poluição ambiental e proteção ao meio ambiente. 
  Ao contrário do aterro sanitário, os lixões não atendem nenhuma norma de controle. O lixo é disposto de qualquer maneira e sem nenhum tratamento, o que acaba causando inúmeros problemas ambientais.  
  O lixo a céu aberto atrai ratos que têm a sua capacidade reprodutiva aumentada devido à disponibilidade abundante de alimentos. Esses animais são transmissores de inúmeras doenças, tais como raiva, meningite, leptospirose e peste bubônica. 
  Outro sério problema causado pelos lixões é a contaminação do solo e do lençol freático, caso exista um no local, pela ação do chorume, líquido de cor negra característico de matéria orgânica em decomposição.  
  Além disto, estes lugares dão acesso para as pessoas carentes que acabam contraindo várias doenças. Com total omissão social e desrespeito ao ser humano, essas pessoas buscam nos lixões um meio de sobrevivência, ou alimentando-se, ou vendendo entulhos.

Lixão no interior de Minas Gerais 

 

Figura esquemática de um lixão

 

 

 

 

 

Fonte:

http://www.saudenainternet.com.br/portal_saude/aterro-sanitario-versus-lixao.php

 



Escrito por Bruninha, Ca, Dani, Jolie às 13h07
[] [envie esta mensagem] []



O que é um aterro sanitário?

   É uma forma de disposição final de resíduos sólidos urbanos (domésticos, comerciais, de serviços de saúde, da indústria de construção, ou dejetos sólidos retirados do esgoto) gerados pela atividade humana no solo que utiliza técnicas de engenharia civil e sanitária para espalhar, compactar e cobrir com terra diariamente esses resíduos, com o objetivo de proporcionar o confinamento seguro deles, evitando riscos e danos à saúde pública e minimizando os impactos ao ambiente. Sua construção deve impermeabilizar o solo para que o chorume não atinja os lençóis freáticos, contaminando as águas, deve também drenar o chorume, que deve ser retirado do aterro, e deve drenar os gases, principalmente o carbônico, o metano e o sulfídrico.

 

 Aterro sanitário de Belo Horizonte localizado na BR-040, saída para Brasília.

 

   Os aterros sanitários são construídos, na maioria das vezes, em locais distantes das cidades. Isto ocorre em função do mal cheiro e da possibilidade de contaminação do solo e de águas subterrâneas. Porém, existem, atualmente, normas rígidas que regulam a implantação de aterros sanitários. Estes devem possuir um controle da quantidade e tipo de lixo, sistemas de proteção ao meio ambiente e monitoramento ambiental.

   Os aterros sanitários são importantes, pois solucionam parte dos problemas causados pelo excesso de lixo gerado nas grandes cidades. 

 

Figura esquemática de um aterro sanitário

 

 

 

Fontes:

http://www.insea.org.br/html/glossario.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Aterro_sanit%C3%A1rio

http://www.suapesquisa.com/o_que_e/aterro_sanitario.htm

 



Escrito por Bruninha, Ca, Dani, Jolie às 12h19
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]